A leitura por vir _livros-objeto de Hilal Sami Hilal

Hilal Samil Hilal (Espírito Santo, 1952) é um artista plástico e escultor de origem síria. Seus trabalhos iniciais com papel e renda se baseavam em uma pesquisa técnica com materiais como celulose de algodão, resina, pigmento e pó de ferro e de alumínio. Tal pesquisa prosseguiu se aprofundando após uma viagem que Hilal Sami Hilal fez ao Japão, concentrando-se no estudo da confecção de papel.


Atualmente, a obra do artista capixaba se destaca pelo trabalho com o cobre e, em especial, pelo seu objeto de referência: o livro. Apresentado em seu formato códex, com suas páginas, asas e lombadas – além da coreografia de leitura que esse tipo de livro exige – os livros de Hilal Sami Hilal aproximam artes plásticas, escultura e caligrafia. Além disso, a presença da escrita em um suporte bibliográfico faz de suas obras um campo da literatura expandida – aqui, em um diálogo com a proposta da pesquisadora Ana Pato.


Nos livros-objeto, os grafismos e arabescos da escrita árabe, com orientação da direita para a esquerda, coexistem com o alfabeto latino. Os cortes no cobre e a corrosão geram vazados e passagens, mas também acúmulos e sobreposições. Nessa percepção de texturas e camadas, a linguagem é imagem; os gestos de esculpir e escrever projetam seus correlatos ver e ler, e a visualidade das obras se torna tátil, já que se torna possível ler – também – com as mãos.


A dureza fria da chapa de cobre e a ação agressiva da corrosão são envolvidas por formas orgânicas e a materialidade do objeto em formato de livro desperta no espectador algum tipo de memória afetiva. Assim, a relação resistência-maleabilidade faz da escultura-livro algo rígido e frágil, imponente e acolhedor.



Sherazade, 2007/2008, MAM Rio, Foto: Pat Kil Gore.


Sherazade, 2007/2008, MAM Rio, Foto: Pat Kil Gore.


Para o meu amor passar. 2018


Caderno. 2017


Caderno Vitória. 2012


Caderno da Dor. 2007


Livro do amor. 2008


Nomes. 2003/2004


Território do possível. 2010.


Norte. 2010


Livro esférico. 2000-2007.


Oficina Palimpsestus - 2020. Todos os direitos reservados.